Planejamento 2017

Gabriel até 2019

Satisfeito com o nível dos reforços em 2017, o Flamengo interrompeu a busca por mais atacantes e vai renovar com um que está no clube desde 2013. Gabriel, que desde que chegou vive altos e baixos, tem seu contrato em fase de ampliação por mais dois anos.

O jogador segue uma tendência de outros atletas que se destacaram de forma relativa, como Everton e Juan. Assim como Everton, Gabriel permanecerá até o fim de 2019, prorrogando o vínculo atual que ia até o fim desta temporada.

Gabriel é considerado um jogador importante para compor o elenco, mesmo que não seja titular de forma sequencial. Além disso, tem como ponto a favor seu ótimo temperamento e ambiente com os demais jogadores.

Se o clube buscava atletas para atuar na ponta, como Vitinho, Marinho, e o próprio Berrío, que acabou vindo, Gabriel sempre deu conta do recado minimamente quando acionado. Mesmo assim, o torcedor, nas redes sociais, sempre questiona o aproveitamento do jogador, em detrimento de outras opções formadas no clube.

Fonte: Extra
Anúncios
Padrão
Estádio

Governo deve finalizar análise do Maracanã até sexta

O Governo do Estado do Rio de Janeiro deve até sexta-feira (10.02) finalizar a análise dos documentos das empresas que concorrem pela gestão do Maracanã. O prazo desta sexta-feira poderia ser estendido por mais 10 dias, mas é provável que não será necessário a extensão da data limite. Isso porque falta somente uma pequena parte da documentação da Odebrecht, atual gestora do complexo, a ser entregue. Todo o restante já está em análise.

Essa análise consiste em verificar se as empresas que estão dispostas a assumir a gestão têm a capacidade financeira para manter o empreendimento. Com o sinal verde do governo para todos que estão na concorrência a decisão fica nas mãos da Odebrecht, atual administradora do estádio.

Havia a possibilidade de uma nova licitação, o que está praticamente descartado, pois daria início a uma guerra jurídica. A concessão tem atualmente dois grupos que pretendem assumir a gestão do Maracanã. A Lagardère, que em outros estádios do Brasil atua ao lado da BWA e e conta com o apoio do ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira. O adversário é um consórcio composto pela GL Events e a CSM, no qual Flamengo já tem parceria fechada.

Fonte: Coluna do Flamengo

Padrão
Planejamento 2017

Arão derrota Botafogo novamente

William Arão teve mais uma vitória sobre o Botafogo na Justiça. Na manhã terça-feira, em julgamento no TRT-RJ, o Tribunal negou, em decisão unanime, provimento ao recurso do clube carioca e confirmou a sentença de primeiro grau. O jogador, que treina no Ninho do Urubu, não compareceu à audiência. O Alvinegro promete recorrer ao Superior Tribunal do Trabalho, em Brasília.

– O julgamento ainda não acabou. Vamos recorrer ao TST onde esperamos que nossa argumentação seja apreciada devidamente, o que  não ocorreu até agora – disse o vice-jurídico do Botafogo, Domingos Fleury.

Willian Arão Seleção (Foto: André Durão)Não há prazo para que o recurso seja julgado em Brasília. A tendência é que o caso se arraste. O Botafogo se mostrou surpreso com a decisão, uma vez que o relato do caso havia sugerido, no ano passado, um acordo entre as partes. Anteriormente, Arão havia obtido duas vitórias na Justiça: em dezembro de 2015, recebeu tutela antecipada que o permitiu se desligar do Alvinegro até o julgamento e deixou o caminho livre para se transferir para o Rubro-Negro. E em março do ano passado, viu a juíza da 27ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro considerar nula a cláusula de renovação automática que havia em seu contrato em General Severiano.

– Vamos a Brasília. A discussão do caso não termina no Tribunal do Rio de Janeiro e, sim, no TST – disse Wagner Barroso, um dos advogados que representa o Botafogo no caso

O contrato de Arão com o Botafogo previa renovação automática por mais um ano, em caso de depósito de R$ 400 mil. Nesse caso, a multa do jogador passaria a valer R$ 20 milhões. Em novembro de 2015, o clube chegou a depositar duas vezes o valor para acionar o dispositivo de renovação automática, mas ambos foram devolvidos por Arão, que já desejava se transferir para o Flamengo. A Justiça tornou sem efeito a cláusula por entender que o contrato fere a nova resolução da Fifa que proíbe investidores de ter direitos econômicos de atletas.

Na visão da juíza da 27ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, o próprio volante foi considerado seu “investidor” e dono de parte do montante econômico na renovação. O Botafogo discorda da interpretação e por isso leva o caso adiante, mas o departamento jurídico acredita que o processo pode durar meses ou anos para uma definição devido ao ineditismo da matéria.

Em agosto do ano passado, após audiência de conciliação, o Flamengo sinalizou com uma oferta informal para tentar encerrar o caso. Além do empréstimo gratuito de Adryan, o Rubro-Negro acenou com R$ 3 milhões pelo aluguel de dez jogos no Estádio Nilton Santos. O Botafogo não topou. O Flamengo nega ter feito a oferta.

O “caso Arão” azedou o clima entre os clubes, pois a diretoria do Botafogo acusou o Flamengo de ter assediado o jogador. Por isso, o Alvinegro se recusa a conversar sobre outros assuntos com o rival enquanto não receber uma indenização que julga ter direito. O presidente Carlos Eduardo Pereira, por exemplo, já falou publicamento que o Flamengo não pode mandar jogos no Estádio Nilton Santos.

Fonte: GE

Padrão
Estádio

Depois de gramado, Fla inicia customização de arquibancada da Ilha e manterá grade baixa

Proteção que separa campo e arquibancada é facilmente superada. Seguranças farão controle

Na arena da Ilha, o gramado já foi colocado e, nos próximos dias, os jogadores do Flamengo farão reconhecimento. Mas o que chamou atenção nas fotos divulgadas pelo c lube são as arquibancadas, que agora partem para a fase de customização.

As cadeiras em cores da Portuguesa vão ganhar vermelho e preto. Quem for aos jogos a partir de março ficará a poucos metros do campo, separado por uma grade baixa, também já colocada.

— Além da proteção da arquibancada, teremos seguranças ali, em um conceito mais moderno — adiantou o vice de patrimônio Alexandre Wrobel, lembrando que a maioria dos assentos será de cadeiras fixas, em um total de 20 mil lugares.

O clube agora parte para ajeitar os vestiários e espaços mais luxuosos para torcedores. O conforto está inclusive na pavimentação das áreas atrás das arquibancadas para tirar o ar de improvisso do equipamento, alugado por três anos.

Fonte: Extra

Padrão
Planejamento 2017

Globo transmitirá o Corinthians na Copa do Brasil. Flamengo só no PPV

A quarta-feira (8) será de jogos de volta dos brasileiros Atlético-PR e Botafogo na Libertadores, mas também de Copa do Brasil com a estreia do Corinthians.

Com transmissão de Globo e SporTV 2, o clube paulista visita a Caldense, a partir de 21h45. Na emissora aberta, a partida, exibida para o estado de São Paulo, terá narração de Cleber Machado e comentários de Walter Casagrande e do ex-árbitro Paulo César de Oliveira, enquanto no canal fechado comando de Jota Jr com análise de Wagner Vilaron.

Nesse mesmo horário, a Globo leva ao ar para o Rio de Janeiro e maior parte do país Colo-Colo (CHI) x Botafogo, com narração de Luís Roberto e comentários de Júnior, Juninho Pernambucano e do ex-árbitro Arnaldo Cezar Coelho. O jogo também será mostrado pelo FOX Sports na TV por assinatura, menos para assinantes da SKY, segunda maior operadora de TV paga do país, cujos canais FOX deixaram a grade desde a tarde do último domingo.

Já Millonarios (COL) x Atlético-PR, a outra partida de volta decisiva de representante brasileiro na Libertadores, também às 21h45, terá transmissão da RPC (Rede Globo) para o Paraná e SporTV na TV fechada.

Flamengo x Grêmio, confronto válido pela Primeira Liga, nesta quarta, às 19h30, não terá transmissão nem sequer na TV por assinatura. Jogo exclusivo do Premiere, serviço pay-per-view da Globosat.

Na quinta (09/02), às 21h, o FOX Sports transmite Santos-AP x Vasco, pela Copa do Brasil, enquanto o SporTV mostra a estreia do São Paulo, às 21h30, fora de casa, contra o Moto Club (MA).

Confira outras partidas na TV neste meio de semana:

Terça (07/02)

22h – Libertadores: Junior Barranquilla (COL) x Carabobo (VEN) – FOX Sports

22h15 – Libertadores: Unión Española (CHI) x Cerro (URU) – SporTV

22h15 – Libertadores: El Nacional (EQU) x Atlético Tucumán (ARG) – SporTV 2

Quarta (08/02)

19h15 – Copa do Brasil: Vitória da Conquista (BA) x Coritiba – SporTV 2

19h30 – Primeira Liga: Internacional x Fluminense – SporTV (menos RS)

19h30 – Copa do Brasil: Luziânia (DF) x Vitória – FOX Sports

19h30 – Copa do Brasil: Campinense (PB) x Ponte Preta – FOX Sports 2

21h45 – Copa do Brasil: CSA x Sport – Globo (para AL e PE)

21h45 – Catarinense: Joinville x Metropolitano – Globo (SC)

21h45 – Cearense: Guarany de Sobral x Fortaleza – Globo (CE)

21h45 – Goiano: Atlético-GO x CRAC – Globo (GO)

23h30 – Sul-Americano Sub-20: Brasil x Argentina – SporTV 3

Quinta (09/02)

19h15 – Primeira Liga: Atlético-MG x Joinville – SporTV (menos MG)

20h15 – Libertadores: The Strongest (BOL) x Montevideo Wanderers (URU) – SporTV 3

21h45 – Primeira Liga: Cruzeiro x Chapecoense – SporTV 2 (menos MG)

22h – Libertadores: Olimpia (PAR) x Independiente del Valle (EQU) – FOX Sports 2

Fonte: UOL

Padrão
Planejamento 2017

Com Berrío em campo, Zé define Flamengo para jogo contra o Grêmio

O atacante Orlando Berrío treinou pela primeira vez com os companheiros em campo nesta segunda-feira. Depois de trabalhos na academia e separado do elenco, o reforço do Flamengo participou de um treinamento com bola normalmente no Ninho do Urubu. A atividade também serviu para Zé Ricardo definir a escalação para a estreia da Primeira Liga.

O Flamengo disputa sua primeira partida na competição nesta quarta-feira, contra o Grêmio, às 19h30 (de Brasília), no Mané Garrincha, e deve entrar em campo com: Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Romulo, Arão e Diego; Mancuello, Everton e Guerrero. Esta, pelo menos, foi a escalação utilizada por Zé Ricardo nesta segunda.

A equipe reserva teve: Rodinei, Juan, Donatti e Moraes; Marcio Araujo, Ronaldo, Cuéllar e Adryan; Gabriel e Damião.

Ainda fora da estreia na Primeira Liga, Berrío foi tímido no treino tático, pouco acionado, já que seu time pouco atacava – a função era apenas se defender. No trabalho de finalizações, porém, foi muito bem: demonstrou força, pedalou e marcou gols.

O nome do atacante já está no Bira (Boletim Informativo de Registro de Atletas) da Ferj, mas ainda há pendências de documentos para que ele esteja no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF para estrear.

berriotransferencia

Fonte: GE

Padrão
Jogadores

Botafogo x Arão

A briga na Justiça envolvendo Botafogo e Willian Arão já tem data para um novo capítulo. O caso será julgado, em segunda instância, pelos desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, nesta terça-feira.

O julgamento estava previsto para acontecer no último mês de novembro, mas a Justiça entrou de recesso em dezembro, e o processo só pode ser analisado em 2017.

Seja qual for o resultado, ainda caberá recurso no Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília. Há três possibilidades. Caso a Justiça dê ganho de causa a Arão ou determine que o Flamengo pague R$ 20 milhões ao Botafogo, valor previsto no contrato, as partes irão recorrer.

Existe também a possibilidade de o TRT decidir que Willian Arão retorne imediatamente ao Botafogo. Nesse caso, o jogador ficaria impedido de treinar e jogar pelo Flamengo até conseguir um efeito suspensivo. A defesa do jogador trata como improvável essa hipótese e acredita em nova vitória, uma vez que o volante venceu em primeira instância.

Arão já obteve duas vitórias na Justiça até o momento: em dezembro do ano passado, recebeu tutela antecipada que o permitiu se desligar do Alvinegro até o julgamento e deixou o caminho livre para se transferir para o Rubro-Negro. Em março, viu a juíza da 27ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro considerar nula a cláusula de renovação automática que havia em seu contrato em General Severiano.

No início de setembro, as partes se reuniram em audiência de conciliação, no Tribunal Regional do Trabalho. Na ocasião, as três partes concordaram, e o desembargador determinou que o processo fosse suspenso por duas semanas para que os clubes tentassem um acordo. Nesse período, segundo o Botafogo, o Flamengo acenou com uma proposta de R$ 3 milhões por 10 jogos no Engenhão, além do empréstimo gratuito do meia Adryan. O Alvinegro recusou.

O Botafogo promete lutar até as últimas instâncias para ser ressarcido pela perda do jogador. O fato de os advogados do Flamengo terem sido intimados a comparecer foi visto como sinal de que o desembargador poderia propor ao rival pagar uma quantia para encerrar o caso. No lado da Gávea, o departamento jurídico está tranquilo com o caso. A cláusula de quebra de contrato com o Botafogo era de R$ 20 milhões.

Em novembro do ano passado, o Botafogo chegou a fazer duas vezes o depósito de R$ 400 mil para acionar o dispositivo de renovação automática, mas ambos foram devolvidos por Arão, que já desejava se transferir para o Flamengo.

A Justiça tornou sem efeito a cláusula por entender que o contrato fere a nova resolução da Fifa, que proíbe investidores de ter direitos econômicos de atletas. Na visão da juíza da 27ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, o próprio volante foi considerado seu “investidor” e dono de parte do montante econômico na renovação. O Botafogo discorda da interpretação e por isso leva o caso adiante, mas o departamento jurídico acredita que o processo pode durar meses ou anos para uma definição devido ao ineditismo da matéria.

Fonte: GE

Padrão