Campeontato Carioca, Planejamento 2017

Diego iguala marca de oito anos e brilha no Fla

O casamento entre Diego e Flamengo tem pouco mais de seis meses, mas é um sucesso até o momento. O camisa 35 se transformou rapidamente na referência do time, virou o jogador preferido dos torcedores e segue com êxito o projeto de se tornar ídolo do clube de maior torcida do país. Os gols são fundamentais nisso, assim como igualar algumas das melhores marcas da carreira.

Nos 3 a 0 sobre o Macaé, Diego voltou a balançar as redes em cobrança de pênalti. Nos últimos quatro jogos oficiais do Flamengo que participou, fez quatro gols. Além do time do Norte Fluminense, o Boavista sofreu com o meia no Campeonato Carioca. Ainda em 2016, gols contra Coritiba e Santos já na reta final da boa campanha no Campeonato Brasileiro.

Desempenho assim Diego teve pela última vez em 2008, há pouco mais de oito anos, quando vestia a camisa do Werder Bremen, da Alemanha. Entre 16 e 29 de novembro daquele ano, o meia assinalou quatro gols no mesmo número de partidas oficiais consecutivas contra Colônia, Hamburgo, Anorthosis (Chipre) e Frankfurt.

A fase era tão boa no futebol alemão que a performance melhorou pouco tempo depois. Entre 5 e 16 de abril de 2009 foram cinco gols em três partidas seguidas. Um contra o Hannover e dois em cada duelo diante da Udinese pela Liga Europa.

Diego sempre foi um articulador de jogadas, uma espécie de cérebro nos times em que atuou. Gols nunca foram uma obsessão, porém, sempre quando passou a balançar as redes se destacou ainda mais e viveu os melhores momentos da carreira. A repetição do filme anima o Flamengo, principalmente por conta da disposição que o camisa 35 apresenta desde que voltou ao futebol brasileiro.

“Procuro estar presente na área e tento ser decisivo sempre que possível. Isso também acontece pelo funcionamento da equipe. Os números têm sido positivos muito por causa disso. Planejei um casamento de sucesso com o Flamengo e me dedico bastante. O balanço até agora é positivo e não posso negar que tudo superou as minhas expectativas”, afirmou.

Pelo Flamengo, Diego já disputou 20 jogos oficiais e fez oito gols – seis com a perna direita, um com a perna esquerda e um de cabeça. Sobre o time de 2017, a intensidade é um fator destacado pelo atleta no começo de temporada.

“Seguimos as instruções do Zé Ricardo. Conseguimos recuperar a bola rapidamente e sair com velocidade em diversas ocasiões. É preciso ter Inteligência e saber administrar muito bem tudo isso”, encerrou.

Fonte: UOL

Padrão
Campeontato Carioca, Planejamento 2017

Flamengo consegue segunda vitória consecutiva no carioca

Nesta quarta, Flamengo e Macaé, fizeram jogo válido pela segunda rodada do campeonato carioca 2017.

E o Flamengo não tomou conhecimento de seu adversário. Massacrou o time comandado pelo bom e experiente Renê Simões.

Verdade seja dita, com um pouco mais de dificuldade do que fora na partida contra o Boavista. Mas ainda assim, com ampla superioridade.

O Flamengo entrou em campo com:

whatsapp-image-2017-02-01-at-18-32-01

O jogo marcou ainda, uma importante situação: Foi a primeira vez, que sem estar suspenso ou machucado (situações raras na carreira), que Márcio Araújo não foi utilizado em uma partida oficial do Flamengo.

Não entrou, nem um minuto sequer. E olha que Zé Ricardo fez as três substituições e nem assim o malfadado cabeça de área, entrou na partida. Novos tempos para o mais querido.

Pontos Positivos

setapracima-fwForam muitos os pontos positivos na partida. A segurança de Muralha e Réver, os bons apoios de Trauco e Pará.

A grande qualidade ofensiva de Rômulo e Arão, a boa e já conhecida técnica de Diego, que hoje foi aliada a um melhor condicionamento físico. As boas tramas de ataque que Guerrero proporciona, com boa técnica principalmente nos domínios e nos passes.

A velocidade de Everton (mesmo que sem a tão sonhada inteligência) e o nível técnico de Mancuello. Ou seja, o time funcionou muito bem, tanto individual, como e principalmente como conjunto.

Pontos Negativos

setaprabaixo-fwRafael Vaz, vem se mostrando bastante inseguro, quando no primeiro combate, perdendo todas as suas investidas. Está sendo superado com grande facilidade por seus oponentes, errando em passes bobos (verdade que vez ou outra acerta uns lançamentos alá Tony Kroos), mas enfim, não é uma boa opção para a estréia na libertadores.

Everton, sempre muito regular e muito raçudo, ainda não consegue aliar o que tem de melhor, com um pensamento minimamente inteligente. Desperdiçou várias jogadas com cruzamentos bisonhos e passes imprecisos. Verdade que é o primeiro jogo do atleta na temporada e que talvez, ainda melhore. Mas eu não espero grande evolução no quesito inteligência do meia. Pra culminar, conseguiu levar dois cartões amarelos e foi expulso aos 29 minutos do segundo tempo.

Os Gols

Os gols saíram de boas jogadas tramadas pelo time rubro-negro. No primeiro, em uma das poucas vezes que Trauco teve liberdade de subir ao ataque, cruzou para Diego que sofreu penalidade máxima. Cobrou e converteu!

O segundo gol, nasceu de uma bola, que dividida, sobrou para Rafael Vaz, que fez uma ligação precisa, em um lançamento de mais de 20 metros, até os pés de Pará, que tocou para Mancuello cruzar. Tentando cortar o cruzamento que chegaria até Everton, o zagueiro do Macaé acabou colocando contra as suas redes.

O terceiro gol, nasceu de troca de passes, até que Mancuello ficou livre, totalmente sozinho na linha de fundo. Com tempo, levantou a cabeça e serviu Willian Arão, que meio de carrinho, meio de peito, colocou para o fundo das redes.

Substituições

Aos 23 minutos o segundo tempo, quando já jogava de forma mais recuada, num 4-4-2, Mancuello saiu para dar lugar a Cuellar. Boa opção do treinador, que precisa rodar o time, para não “estourar” nenhum jogador neste início de temporada.

Aos 35 minutos, Diego foi outro a ser polpado e entrou em seu lugar o boa praça, Rodinei. Zé Ricardo repetiu a fórmula do primeiro jogo, colocando Rodinei a frente do Pará. A esta altura, Everton já havia sido expulso e desta vez, o atleta pouco pode produzir.

Aos 39 minutos, a última mexida. Zé tirou Guerrero e colocou Leandro Damião.

A se destacar que todos os jogadores, saíram aplaudidos e tiveram seus nomes gritados a plenos pulmões pelos torcedores.

Destaque: Por toda a movimentação, pelos passes precisos, pela ajuda na marcação e principalmente por ter participado de todas as situações que resultaram em gol, Mancuello é o eleito como CRAQUE DA PARTIDA, na minha opinião.

Fim de jogo, Flamengo 3, Macaé 0.

Dois jogos, 7 gols marcados, 1 sofrido.

Muito bom o começo de temporada de Zé Ricardo, que terá como próximo compromisso, o jogo de sábado as 19:30hs (horário de Brasília), contra a equipe de Nova Iguaçu.

Em seguida, na quarta-feira, enfrentará o Grêmio pela 1ª Liga e fará então, seu primeiro grande teste no ano.

Padrão
Campeontato Carioca

Fla mantém rotina de jogos fora do Rio e projeta ter Arena da Ilha em 1 mês

Percalço durante a temporada passada, a rotina de jogos fora do Rio de Janeiro persiste neste início de 2017 no Flamengo. Ainda com um impasse em relação ao Maracanã e com as obras na Arena da Ilha inacabadas, o Rubro-Negro tem utilizado praças distantes da cidade para mandar seus compromissos.

Na estreia no Campeonato Carioca, contra o Boavista, por exemplo, o clube transferiu seu jogo para a Arena das Dunas, em Natal (RN). Nesta quarta-feira, vai à Volta Redonda, no interior do Estado, para o compromisso com o Macaé. Somente no sábado atuará na cidade, diante do Nova Iguaçu, em Bangu, mas por ser o visitante.

A diretoria, todavia, projeta ter a Arena da Ilha pronta na segunda metade de fevereiro. O Flamengo assumiu o estádio no primeiro dia útil de janeiro e garante que as obras estão a pleno vapor. A previsão de estreia é dia 8 de março, na partida de estreia na Copa Libertadores contra o San Lorenzo, da Argentina.

Paralelamente a isto, o Rubro-Negro segue confiante em uma resolução na situação do Maracanã. Em reunião na semana passada na federação de futebol do Rio (Ferj), o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, garantiu que o desfecho do imbróglio está próximo e por detalhes.

Dois consórcios disputam a administração do estádio e o Flamengo possui parceria com um deles. A Odebrecht, atual administradora, decidirá por um e o governo do estado dará a sentença final.

De acordo com o técnico Zé Ricardo, a preparação para a toda a temporada já foi bem elaborada:

“Toda a preparação é feita para a temporada e não para um ou dois jogos iniciais. O início é mais sacrificante. A expectativa é de fazer uma temporada mais forte do que a do ano passado”.

Fonte: UOL

Padrão
Campeontato Carioca

Diego vê Flamengo mais ‘entrosado e consciente do que precisa fazer’

O Flamengo estreou com goleada na temporada ao bater o Boavista, por 4 a 1, no sábado, em Natal. A equipe rubro-negra teve alguns destaques individuais, como os peruanos Trauco e Guerrero, e criou muitas oportunidades de gol. Satisfeito com o bom resultado, o meia Diego já vê a equipe em evolução.

Flamengo x Boa Vista
– A essência permanece, porém sentimos a equipe mais entrosada, mais consciente do que tem de fazer. Temos um time seguro em campo, soubemos administrar bem a partida contra o Boavista. Os jogadores que estrearam foram brilhantes. A sensação é muito boa. Ficamos muito satisfeitos de começar nossa preparação, a equipe está crescendo. Temos que nos preparar vencendo, foi o que fizemos. Estamos muito satisfeitos – disse o camisa 35 em entrevista coletiva no Ninho do Urubu.

Flamengo x Boa Vista

O meia fez muitos elogios aos companheiros, especialmente ao lateral-esquerdo e o volante Rômulo, que estrearam oficialmente pelo Flamengo.

– Trauco superou as expectativas. Não é simples o primeiro jogo na temporada. Ele é um jogador que vai nos ajudar muito nesta temporada. A estreia do Rômulo foi sensacional, é um jogador dinâmico e comunicativo, além de forte fisicamente. Ele está muito determinado – comentou.

Fonte: Lance

Padrão
Campeontato Carioca, Planejamento 2017

Após goleada, Flamengo vira destaque nos principais jornais peruanos

A boa vitória do time rubro-negro sobre o Boa Vista, nesta sábado, com intensa participação da dupla de peruanos do time, repercutiu em todos os jornais da imprensa peruana. Em muitos jornais, sendo primeira capa e ganhando notório destaque e cobertura.

Vejam:

elbocon

elcomercio1

elcomercio

depor

correo

Padrão
Campeontato Carioca

Zé exalta reforços e estreia com vitória do Fla após tropeços na preparação

O técnico Zé Ricardo está satisfeito com os reforços do Flamengo para a temporada. Depois da vitória por 4 a 1 na estreia do Campeonato Carioca sobre o Boavista, o treinador fez questão de elogiar Romulo e Trauco, que estrearam neste sábado. O peruano, inclusive, deu duas assistências e fez um gol.

– A direção do clube e o departamento de futebol têm sido inteligente nas contratações, sem afobação ou entrar em leilão. É fundamental para podermos ter calma de escolher um jogador. Estamos satisfeitos com Romulo, Trauco e Berrío. Fiquemos atentos a oportunidades que possam aparecer. É interessante técnica e taticamente fortalecer mais o plantel, mas temos de respeitar também os meninos da base – disse Zé Ricardo, em entrevista coletiva.

Guerrero Flamengo x Boavista (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)Guerrero marcou dois gols na vitória do Flamengo por 4 a 1 contra o Boavista, em Natal (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

As derrotas do Flamengo na pré-temporada, para Vila Nova e Serra Macaense, não abalaram Zé Ricardo e o elenco. O técnico diz que sabia que a preparação estava no caminho correto e que não precisaria mudar nada para a estreia no Carioca.

– Sabia que a preparação estava sendo bem feita. É o mais importante. Não fizemos a pré-temporada para uma semana, cinco jogos, mas para a temporada inteira. Terminamos quinta-feira passada. Não gostaríamos de ter perdido nenhum dos amistosos, mas quando temos convicções do que fazemos, temos de ter tranquilidade de corrigir – completou.

Confira outros tópicos da coletiva do treinador

Condicionamento dos atletas
Toda a preparação é feita para a temporada e não para um ou dois jogos iniciais. O início é mais sacrificante. O Boavista teve vantagem no início do segundo tempo, é natural que os atletas sintam um pouco mais. A expectativa é de fazer uma temporada mais forte do que a do ano passado.

Boavista mais forte
Primeiramente exaltei que tínhamos feito bons momentos da partida, com mais regularidade no setor ofensivo. As nossas jogadas foram mais construídas e não tanto verticais. Pedi a eles para gerar espaços no nosso time, com mais paciência e, quando tivesse toda a equipe ofensiva, executar jogada. Caso perdêssemos a bola a gente já estivesse próximo para recuperá-la. Eles entenderam e fizemos isso.

Berrío disputa posição com Mancuello?
Ele gosta de jogar naquela faixa do campo, mas pode jogar centralizado ou do lado oposto. Ainda é cedo para definir troca ou manutenção de atleta. O que pretendemos com isso é conseguir ter versatilidade na maneira de jogar. Hoje tínhamos apenas o Adryan, com a perda do Éverton na preparação do jogo e ficamos carentes dessa característica quando o Adryan cansou. Não tivemos dúvida de colocar o Rodinei por ali porque não podemos abrir mão da velocidade no futebol de hoje. Espero que fiquemos um pouco mais fortes com a chegada dele.

Mais um lateral após a saída de Jorge?
Ainda vamos sentar e discutir esse caso. As convocações para a seleção peruana podem desfalcar o time durante a temporada. Logicamente, também temos suspenções por cartões, lesões e temos de estar preparados. Ainda não avaliamos qual decisão tomar. A categoria sub-20 nos dá suporte para isso. Temos de ficar atentos e tomar cuidado com o Trauco. Foi apenas a primeira partida. Certeza absoluta de que poderia fazer uma boa estreia, mas é estreia, país diferente.

Fonte: GE

Padrão
Campeontato Carioca

Flamengo treina pela última vez no CT antes de viagem para Natal-RN

Foto: Gilvan de SouzaNa manhã desta quinta-feira (26), o Flamengo fez seu último treino no Centro de Treinamento George Helal, em Vargem Grande, antes de seguir viagem para Natal, no Rio Grande do Norte. Na Arena das Dunas, o Mais Querido fará sua estreia no Campeonato Carioca contra o Boavista, em partida que será disputada nesse sábado (28).

Após atividade física realizada por parte do grupo no Centro de Excelência em Performance do Flamengo (CEP FLA), os atletas seguiram para o Campo 4, onde Zé Ricardo comandou o treino tático. O trabalho visou o posicionamento da equipe em campo para o confronto e apontar as características do adversário deste fim de semana. O técnico esboçou a equipe que entrará em campo no primeiro desafio oficial do Mais Querido na temporada 2017.
Nessa sexta-feira (27), o elenco treinará pela última vez já em Natal-RN. Será o término da preparação para encarar o Boavista e marcará o fim da pré-temporada rubro-negra.
Fonte: Flamengo
Padrão