Jogadores, Sem categoria

Mancuello sofre estiramento no joelho e deve ficar fora por mais de 30 dias

Substituídos ainda no primeiro tempo da goleada por 5 a 0 sobre o Resende, no domingo, por conta de lesões, os meias Mancuello e Everton tiveram seus problemas diagnosticados e divulgados pelo Flamengo na tarde desta segunda-feira – estiramento no ligamento colateral do joelho direito e desconforto na coxa, respectivamente. A situação do argentino, que já começa a fazer fisioterapia nesta segunda-feira, é mais complicada, enquanto a do camisa 22 é considerada leve.

Embora o Rubro-Negro não tenha o costume de passar informações sobre o retorno de jogadores, o gringo deve ficar por mais de 30 dias afastado. O argentino de 26 anos tem histórico recente de lesões no Independiente, seu último clube. Em 2015, chegou a ficar parado quase quatro meses, entre abril e outubro, no “Rojo”, sem os médicos conseguirem diagnosticar o exato problema que incomodava o atleta. No período, ele esteve afastado por contusões no joelho direito, dores no quadril e no pé esquerdo.

mancuellogilvandesouzaflamengoMancuello chocou-se com adversário dentro da área do Resende aos 34 minutos após receber de passe de Sheik. A perna direita dele ficou travada no momento do chute, que saiu toro. Everton, por sua vez, levou a mão à coxa esquerda nove minutos depois. O último substituiu o argentino, porém não voltou após o intervalo.

Confira o comunicado rubro-negro:

“Os atletas Mancuello e Everton realizaram exames hoje. Mancuello teve um estiramento no ligamento colateral lateral do joelho direito; Everton sentiu desconforto na coxa esquerda, e o exame detectou uma lesão leve, sem gravidade”.

Fonte: Globoesporte.com

Anúncios
Padrão
Sem categoria

Mancuello será avaliado nesta segunda após sentir dores no joelho

O argentino Mancuello, que não demorou a ganhar espaço no meio-campo do Flamengo, pode se ver obrigado a deixar momentaneamente sua vaga de titular. O meia foi substituído com dores no joelho direi…

Fonte: Mancuello será avaliado nesta segunda após sentir dores no joelho

Padrão
Jogadores

Mancuello será avaliado nesta segunda após sentir dores no joelho

O argentino Mancuello, que não demorou a ganhar espaço no meio-campo do Flamengo, pode se ver obrigado a deixar momentaneamente sua vaga de titular. O meia foi substituído com dores no joelho direito no primeiro tempo da goleada sobre o Resende, por 5 a 0, domingo, em Volta Redonda. Ele será avaliado pelo departamento médico nesta segunda-feira, dia de folga do elenco, para saber a gravidade do problema.

Em suas redes sociais, Mancuello procurou tranquilizar a torcida rubro-negra:

macutwitter— Infelizmente, estou sentindo algumas dores no joelho. Isso acontece, é do jogo, mas meu pensamento já é no retorno. Espero que não seja nada sério e possa voltar o mais rápido possivel — escreveu o argentino.

Mancuello deixou o campo nos minutos finais da primeira etapa, quando o Flamengo vencia por 2 a 0. Após ser travado em um chute, o argentino sentiu dores no joelho direito e, no banco de reservas, já colocou uma proteção no local. Desde sua estreia, contra a Portuguesa, também pelo Campeonato Carioca, Mancuello não saiu mais do time. Ele já tem seis partidas pelo clube rubro-negro, ainda sem marcar nenhum gol.

O meia Éverton, que sentiu um incômodo na coxa esquerda, é outro que será avaliado pelo departamento médico do Flamengo. Éverton foi substituído por Gabriel no intervalo da partida contra o Resende.

EDERSON AGRADA MURICY

Se corre risco de desfalques no meio-campo, Muricy Ramalho está perto de ganhar um reforço no setor. O meia Ederson, que segue afastado por lesão desde outubro, vem agradando nos treinos e pode voltar em breve ao Flamengo.

— Ederson ficou muito tempo afastado e treinou bem a parte física. Ele continua muito forte, mas está sem noção do espaço, pois ficou muito tempo sem jogar. Vamos avaliar, mas ele está no caminho certo, chamando atenção pelo o que vem treinando — afirmou Muricy, após a vitória sobre o Resende.

O treinador evitou cravar uma data para o retorno de Ederson, mas isso pode acontecer no próximo domingo, contra o Bangu, pela última rodada da primeira fase do Carioca. O Flamengo, vice-líder do Grupo B com 16 pontos, está matematicamente classificado para a segunda fase.

Fonte: O Globo

Padrão
Jogos, O time

Flamengo 5 x 0 Resende

Prezados amigos rubro negros, aguardei até o momento em que Muricy Ramalho pudesse contar com pelo menos 90% do elenco a disposição para fazer uma avaliação e poder voltar a escrever aqui. Daqui por diante, estarei sempre presente, espero que vocês gostem e nos prestigie.

Ontem, pela primeira vez, o time que entrou em campo, pode ser considerado o time ideal para iniciarmos o campeonato brasileiro. Claro, falta Ederson, mas no lugar de quem? Sheik vem sendo muito efetivo, com gols decisivos e muita luta e disposição. Cirino, vive um início de ano mágico, muito concentrado e com muita movimentação ofensiva, sendo essencial ao time do Fla. Guerrero e seus 900 mil mensais, são intocáveis, faça o que fizer, produza o que produzir, a maior parte da torcida rubro-negra sempre tem uma desculpa para justificar suas apagadas atuações. Até deu um belo passe de calcanhar para Cirino fazer seu segundo gol no jogo, mas é pouco. É muito pouco pra quem chegou com o status de matador e de resolução dos problemas ofensivos.

O adversário de ontem, não era forte, nem tinha tradição, mas vem forte no campeonato e em certos momentos, tirou a vaga do Fluminense na classificação para a segunda fase. Se vencesse ou empatasse ontem, ultrapassaria o time das laranjeiras novamente. E mais, o retrospecto do Resende em outro jogo contra grande, foi muito bom, perdeu num jogo muito competitivo do Botafogo por apenas 1 gol, Botafogo que junto com Vasco da Gama, são a grande sensação desse campeonato carioca (rssrsrsrsrsrs).

O Flamengo entrou com: Paulo Vitor, Rodinei, Juan, Wallace, Jorge, Cuellar, Willian Arão, Mancuello (Everton/Gabriel), Sheik, Guerrero e Cirino. E não tomou conhecimento do Resende. Aos 48 segundos do primeiro tempo, em cobrança de escanteio, Mancuello deixa Emerson Sheik na cara do gol, apenas para escorar para dentro, Flamengo 1×0 Resende.

golsheikresende

Aos 6 minutos, com um passe de quebrar coluna de muita gente, Mancuello deixou Cirino sozinho dentro da grande área. Este teve o trabalho de dar um corte e chutar de canhota para fazer Flamengo 2×0 Resende. Daí pra frente o Flamengo dominou todas as ações, trocando muitos passes e sendo ameaçado apenas quando, durante essa troca de passes, um erro bobo, ocasionasse um contra ataque do time de Resende.

passemancuellocirino

Aos 32 minutos, Mancuello numa dividida dentro da grande área do Resende, sentiu o joelho esquerdo e teve que ser substituído. Entrou Everton, que para felicidade geral da nação rubro-negra, sentiu um tostão aos 38 minutos e não voltou para o segundo tempo.

No 2º tempo, o Flamengo voltou com Gabriel no lugar de Everton (aff…). Gabriel entrou muito pilhado e logo nos primeiros minutos em tabela com Cirino, saiu na cara o gol, impedimento marcado. Aos 6 minutos, Guerrero deu um passe de calcanhar para Cirino, que em velocidade, arrancou e bateu cruzado, Flamengo 3×0. Pouco tempo depois, eis que Gabriel aparece novamente em um passe magistral de Jorge na cara do gol. Desta vez tinha duas opções, cruzar para Guerrero, que de braços abertos quase levantou voo, ou chutar pro gol. Gabriel optou pela segunda opção e marcou, Flamengo 4×0 Resende. E aos 38 minutos do segundo tempo, Sheik escora cruzamento, fechando Flamengo 5×0 Resende.

Porque esse jogo pode ser considerado um marco para uma arrancada onde o time da Gávea poderá almejar voos mais altos? Afinal era só o time do Resende. Entretanto, era só a URT contra o Atlético Mineiro, era só o Red Bull contra o Santos, só a Ferroviária contra o Palmeiras, entre outros fracassos de grandes times em seus estaduais. Mas o Flamengo joga organizado, cada jogador sabedor da função que tem que exercer. Mancuello está crescendo a cada dia e se tornando dono do meio campo rubro-negro. Tanto, que ontem o talento indiscutível de Arão nem se fez necessário. Haja vista outra atuação brilhante, perfeita de Cuellar. cuellarresendePreciso nos botes e certeiros em seus passes. Com Cuellar , Arão e Mancuello, o Flamengo encontrou o seu meio de campo. Há quem diga que esse modelo de jogo, servirá contra times pequenos e de menor expressão, que fora de casa contra times como Corinthians, Palmeiras, Grêmio ou Atlético MG, o time ficaria muito exposto. Pois eu discordo totalmente, com este esquema, Muricy está mudando uma situação que sempre foi a marca maior do time rubro-negro: fazer com que os adversários se preocupem conocoso e não o inverso.

Vejo um futuro muito bom para esse time, e a questão da falta de uma casa, se o Flamengo for forçado a jogar em Volta Redonda, isso pode ter um efeito muito mais positivo do que os diretores rubro-negros pensam, inclusive financeiramente. Mas isso é assunto para um outro post.

Saudações Rubro-Negras!

 

Padrão